terça-feira, 30 de setembro de 2014 | | 0 comentários

Frase

"O subdesenvolvimento não se improvisa, é uma obra de séculos."
Nelson Rodrigues, jornalista e escritor

| | 0 comentários

Arte feita por... brasileiros e estrangeiros

Apaixonados por arte contemporânea tiveram nestas últimas semanas (até 12/10) uma oportunidade rara de acompanhar em São Paulo uma mostra fantástica.

"Made by... Feito por brasileiros" ocupou os 27 mil metros quadrados do antigo Hospital Matarazzo com obras de cem artistas - metade deles brasileiros.

Em geral, estrangeiros e brasileiros foram convidados a atuar em parceria. O resultado é que salas, corredores e jardins do histórico prédio foram ocupados por criações coloridas, sombrias, chocantes, engraçadas e acima de tudo criativas.

As atrações começam logo na entrada - contando muitas vezes com a belíssima e histórica arquitetura do prédio como cenário.





Até o que parece coisa velha num prédio velho, como vasos quebrados no jardim, é arte:



Ainda do lado de fora, várias intervenções foram feitas - inclusive com seres humanos:






A seguir, um pouco do que a exposição - que tem curadoria de Marc Pottier - apresenta:

















A sala com imagens de santos tinha um tom espiritual (e um tanto macabro e triste):




Uma outra sala tinha tecidos - aparentemente de seda - que se movimentavam acompanhando o som, e o público podia interagir. Ficou bem legal e deu um efeito visual incrível:



video

Paredes também foram decoradas com arte:






Um dos espaços mais vibrantes e concorridos (há sempre uma pequena fila de espera, até pela limitação de entrada) é o elaborado pelo grafiteiro norte-americano Kenny Scharf. Totalmente psicodélico!






Corredores, escadarias e muros também foram tomados por obras - sem contar que eles são, por si, uma atração:









Acredite: as imagens a seguir são uma intervenção - portanto, arte. Contemporânea, mas arte!



A antiga maternidade, que ajudou a trazer à luz 500 mil pessoas, também recebeu intervenções:



Nem a capela escapou - e, diga-se de passagem, ficou ainda mais bonita, alegre e aconchegante com a intervenção feita em meio a imagens de santos:







*As fotos são de Mirele Parronchi e minhas